Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Portfólio Psicologia

Portfólio no âmbito da disciplina de psicologia

Portfólio Psicologia

Portfólio no âmbito da disciplina de psicologia

A aprendizagem

Introdução

Segundo a aprendizagem associativa para se aprender tem de se associar estímulos e respostas ou associar estímulos. Existem dois tipos de aprendizagem associativa: o condicionamento clássico e o condicionamento operante.

O condicionamento clássico foi o investigado russo Ivan Pavlov quem, ao estudar os reflexos digestivos do cão, descobriu uma forma de aprendizagem presente nos seres humanos e noutros animais.

O condicionamento operante foi o investigador norte-americano Rufus Skinner que desenvolve uma experiencia que o vai conduzir à descoberta do modo como tantas das nossas aprendizagens se processam e se mantêm.

Para controlar as variáveis da experiencia, criou um dispositivo experimental que tem o seu nome, a “caixa de Skinner”, que apresenta um dispositivo automático que liberta o alimento quando accionado.

Muitos dos nossos comportamentos foram adquiridos ao longo do processo de socialização através da observação e imitação dos outros.

A aprendizagem por observação e imitação foi estudada por Albert Bandura que numa das suas experiencias ofereceu um boneco a uma criança e a criança não demonstrou nenhuma atitude violenta. Contudo, depois da criança assistir a um adulto a bater ao boneco imitou este comportamento.

Bandura confirmou que a experiência dos outros pode conduzir à aquisição de novos comportamentos.

Contudo, notou que algumas crianças não reproduziam o comportamento que observam. Concluiu que não basta observar e reter um comportamento para o imitar e que a fase de execução implica factores internos do próprio sujeito.

O condicionamento clássico, bem como os outros acabam por ter vantagens e limitações, porque o comportamento é em função do estímulo, o ensino deve fornecer estímulos adequados, o fornecedor que os tem que fornecer, a aprendizagem depende apenas dos estímulos. E no condicionamento operante, no ensino existe arranjo das contingências de reforço, o formador faz surgir um comportamento óptimo usando os estímulos e os reforços apropriados, diminui o papel do individuo enquanto construtor da própria aprendizagem, o reforço nem sempre funciona devido aos diferentes significados e consequências para cada um, apela à manifestação do ensino. Na aprendizagem por observação e imitação a aprendizagem pode ocorrer em situações sociais, mais nem todas as aprendizagens, um individuo não necessita de experimentar todos os passos e um comportamento mais complexo para aprender, muitos comportamentos podem ser facilmente ensinados por exposição ao modelo, os indivíduos intervém no processo da aprendizagem.

Dos três tipos de aprendizagem existentes a mais adequada para justificar o comportamento é a aprendizagem por observação e imitação é a mais adequada, porque muitas das coisas que nos aprendemos foi por vermos a alguém, como por exemplo quando aprendemos a escrever ou a falar.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

    Arquivo

    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub